O pole dance como prática esportiva 



0 Comentários

(Foto: Agatha Ribeiro)

Mini documentário mostra as faces da modalidade esportiva do pole dance 

O mini documentário O Pole Dance como Esporte foi desenvolvido com o objetivo de desmistificar o pole dance como uma prática estritamente sensual e julgada por muitos como vulgar. 

Em 2007, uma das personagens da novela Duas Caras, da Rede Globo, interpretada pela atriz Flávia Alessandra, praticava pole dance. Na trama, a personagem era uma enfermeira responsável pelo sustento do marido desempregado e de seus dois filhos. Durante a noite, às escondidas, dançava em uma casa de massagem. A modalidade praticada na novela era o pole sensual, que acabou sendo a mais conhecida pelos brasileiros. 

Entretanto, existe um leque de categorias possíveis para a prática, como o pole exótico, o pole contemporâneo e o pole fitness ou pole sport, por exemplo, que é o enfoque do documentário. 

Essa modalidade trabalha a força, a flexibilidade e o equilíbrio do corpo, e é muito comparada com a ginástica olímpica e tem tomado cada vez mais espaço. O documentário busca mostrar como os próprios praticantes venceram seus preconceitos e os preconceitos externos, além de esclarecer que o pole pode ser praticado por homens, mulheres, pessoas magras e gordas e até por crianças. 

O processo de produção do documentário também serviu como meio de desmistificação do pole dance para seus produtores. Idealizado por um grupo de seis jovens universitários, a ideia do tema surgiu após uma autorreflexão e a percepção de que a modalidade era conhecida apenas por duas mulheres do grupo, que eram praticantes. Após a conclusão do projeto, a percepção da prática foi alterada e o pole dance passou a ser visto por todos os membros do grupo como uma atividade física não apenas para mulheres, mas para pessoas de todos os gêneros e idades. 

O mini doc foi realizado pelo coletivo Filhos da Pauta.

Dá uma olhada:

///

Gabriela Santos é jornalista

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *