Cartas à Vida: Coragem



2 Comentários

Por Frida Popp Vida, nem sempre és bela. Tem dias em que és, permita-me dizer com respeito, ingrata e dura como aquelas quinas de porta que chutamos com o dedo

Cartas à Vida



0 Comentários

Por Frida Popp “Vida, às vezes me pergunto se ainda sei fazer poesia. Me pego pensando se minhas palavras ainda dizem algo. Hoje, dentro do ônibus, vi um morador de

Crônicas da Cidade: A arte de levar uma geral



3 Comentários

(Arte: Banksy) Se tem uma coisa que ocorre com certa frequência por estas bandas da Cidade dos Funcionários é a famosa geral, ou o baculejo, cuja forma abreviada é “baca”,

Domingo na feira



2 Comentários

(Foto: Fabiane de Paula) Artur Pires – Taqui, meu senhor, ó! disse a tiazinha, bem preta e pano amarrado à cabeça, retirando do panelão, donde borbulhava água quente que cozinhava

O black bloc e o polícia: muito além da aparência



0 Comentários

(Ilustração: Chappate) O amigo que me contou o que relatarei a seguir não é de inventar história. Depois de ouvi-la, acreditei que, sim, as coisas ainda podem se aprumar, se

O cearense, os argentinos e os muros que separam a vida



0 Comentários

(Fotos: Artur Pires/Revista Berro) Córdoba é a segunda maior cidade da Argentina, com cerca de 1 milhão e 400 mil pessoas. É capital da província de mesmo nome. O cearense

Crônicas da Cidade: A mídia ninja e a mídia molecagem



2 Comentários

O Brasil passa por uma transformação muito rápida nos últimos 10 anos, no que diz respeito às formas e ferramentas para se fazer comunicação social – que nos dias atuais

Crônicas da Cidade: A periferia que se foi…



0 Comentários

(Ilustração: Revista Siará) Artur Pires É fato inconteste que Fortaleza viveu um acelerado crescimento demográfico, comercial e, principalmente, imobiliário na última década e meia. Bairros outrora periféricos passaram a fazer

Crônicas da Cidade: Uma noite no Canto das Tribos



3 Comentários

(Fotos: Paulo Maurício Bezerra) O ano era 2001. Naquela tarde de sábado, Chiquim, todo animado, já limpava as mesas porque sabia que o bar certamente receberia os fregueses fiéis, como

Crônicas da Cidade: A sexta-feira da praça



0 Comentários

Quem já teve a oportunidade de aproveitar a sexta-feira à noite de uma praça da periferia de Fortaleza vai entender um pouco mais do que vou falar adiante. Quem ainda