Sobre o futuro desse velho mundo



0 Comentários

Deixar claro uma coisa: Karim Aïnouz é sim um cara capaz de, como poucos, ainda “deixar sua mão” muito claramente em suas obras. Desses últimos que podemos falar que ainda