A verve criativa e agregadora do músico pernambucano Zé Manoel – parte II



0 Comentários

Antes de iniciar a parte II da entrevista, leia aqui a parte I. Na segunda parte da entrevista, conversamos sobre suas raízes em Petrolina, sobre diversidade racial e  étnica, violência

A verve criativa e agregadora do músico pernambucano Zé Manoel – parte I



0 Comentários

*Entrevista realizada por Artur Pires e João Ernesto **Texto de abertura: João Ernesto   O Brasil que deu certo é uma história antiga, ancestral, apesar da lama que o presente

Uma ave pronta pra voar! 



0 Comentários

  Nestes dias 21, 22 e 23 de agosto, vai rolar a Carcará Foto Conferência, um evento que vai reunir fotógrafas e fotógrafos de diversas periferias de Fortaleza, do Ceará

(Podcast) Mitocôndria #3 entrevista Rômulo Silva // Necropolítica



2 Comentários

Este episódio demorou um mês para ser feito, desde a produção até a edição, tempo necessário para digerir as informações que Rômulo Silva nos traz. Um exercício de escuta sobre

(Podcast) Mitocôndria #2 entrevista Ellen Francisco // Na fila do SUS



0 Comentários

Há quatro dias, quando gravamos este podcast por chamada digital, tínhamos 5.000 casos de COVID-19 no Ceará. Hoje, no dia 29 de abril, ao lançarmos nas plataformas, já havia dois

(Podcast) Mitocôndria #1 entrevista Talles Azigon // Quem respira na cultura?



0 Comentários

No primeiro episódio da Mitocôndria, Dani Guerra e Leo Silva conversam com o poeta e produtor cultural, Talles Azigon. Fortaleza nunca foi Praia de Iracema, Benfica e Centro, mas ações

Comunicação e Liberdade



0 Comentários

Vivemos um período de intensa mediação por produtos midiáticos no nosso cotidiano, mas será que somos educados(as) para interpretar estas mídias? Nós da Berro sempre refletimos sobre isso, e tivemos

Luiza: novo romance infantojuvenil de literatura negra



0 Comentários

Luiza é o um livro infanto-juvenil escrito por Plinio Camillo com ilustrações de Thiene Magalhães e publicado pela Editora Kazuá De acordo com Luiza Lobo, “a literatura negra é aquela

Esquisito Tempo



0 Comentários

Graça Moreira Definir….tem como? Fugaz, impreciso, precioso. Não tem cor, nem forma, Mas na saudade tem sabor. Não tem peso, nem rastro, Mas deixa marcas, na pele e na alma.

Pau-Brasil



0 Comentários

Diane Southier Mercado escravista Escravidão colonial Colônia extrativista Capitalismo brutal Capacho de espírito Entreguista moral Puxa-saco de gringo É a elite local Golpes de estado Estado desigual Os juros mais