encontro_residências

IV Encontro Cearense de Residências em Saúde: “o SUS é um modelo universal de cuidado”

(Fotos: Nathalia Nunes)

Está acontecendo hoje (10), nesta terça (11) e nesta quarta (12), das 8 às 17 horas, o IV Encontro Cearense de Residências em Saúde, na Universidade Estadual do Ceará (UECE). O evento, cujo tema essa edição é “Sustentabilidade, Qualidade e Fortalecimento das Residências em Área Profissional da Saúde”, visa problematizar o panorama geral do Sistema Único de Saúde (SUS). Para a comissão organizadora, o sistema possui fragilidades, mas, para além de suas debilidades burocráticas e administrativas, o SUS é um potente modelo universal de cuidado, conquistado por movimentos sociais, a partir de lutas políticas e que permanece, até hoje, em disputa.

Participam desta 4ª edição do Encontro mais de 300 residentes de todo o Ceará, que conta com mesas de debate com profissionais e acadêmicos com relevância nacional na área da saúde enquanto direito social, como o sanitarista Ricardo Cecim, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Vera Dantas, educadora popular em Saúde, e Lúcia Conde, professora da UECE. Segundo a assistente social Thaynah Araújo, residente em Cancerologia, “o encontro está sendo fundamental para que nós, profissionais da saúde e residentes, possamos refletir criticamente acerca não somente dos cenários de prática nos quais estamos inseridos, mas também para ponderar o Sistema Único de Saúde e o contexto de precarização da saúde pública brasileira”.

As discussões que estão sendo levantadas no Encontro reforçam a premissa básica da saúde de qualidade como um direito humano, que deve ser garantida para toda a população. Neste contexto, e porque acreditamos na proposta da saúde com um direito básico, que precisa ser disputado política e socialmente, a Revista Berro apoia o evento com a distribuição gratuita de revistas entre as/os participantes.

DSC_0813De acordo com a comissão organizadora, “a ação de mídia livre é uma estratégia de fortalecimento e promoção de saúde, posto que são frequentes os boicotes ao SUS veiculados pela grande mídia. Como podemos perceber, os ataques, a difamação e a seletividade das notícias muitas vezes deturpam a realidade e fortalecem o argumento da privatização como única solução.  No entanto, entendemos a saúde como produção de vida e não como mercadoria! Ao longo desses dias, vamos discutindo e sonhando alternativas contra-hegemônicas de produção de saúde”.

Ao final do Encontro, as/os participantes elaborarão carta com propostas e diretrizes que será entregue às Conferências de Saúde e também será levada ao Encontro Nacional de Residências em Saúde, no próximo mês de outubro, em Florianópolis (SC).

O QUÊ? IV Encontro Cearense de Residências em Saúde

QUANDO? 10, 11 e 12 de agosto de 2015, das 8 às 17 horas

ONDE? Auditório da UECE

Deixe uma resposta