Ranger de dente #5

(Pintura: Vladimir Kush)

Por João Ernesto

tem um crocodilo no canto da sala em que eu costumo escrever.
eu tanjo ele com um pedaço de pau
enxoto para que fique muito bem acuado no canto da sala.
O pedaço de pau é um lápis que me escreve
sobre um réptil que come a minha barriga grávida.

João Ernesto ainda acredita que as reticências querem dizer muita coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *