Revolução

Pau-Brasil

Diane Southier

Mercado escravista
Escravidão colonial
Colônia extrativista
Capitalismo brutal

Capacho de espírito
Entreguista moral
Puxa-saco de gringo
É a elite local

Golpes de estado
Estado desigual
Os juros mais altos
Ao grande capital

Desigualdade econômica
Política e social
A sociedade é irônica
A ironia é mortal

É o Brasil à lenha
Em pleno ano eleitoral
No nosso nome
Tem o nome de um pau

Perseguição ideológica
Ideologia neutral
Neutro de cu é rola
O pau é também cultural

Controle da informação
Informação ficcional
A fome não é ficção
Nem a morte é banal

Apagão de combustível
Aluguel nacional
O desemprego é temível
O desgoverno, fatal

O estado é de exceção
A exceção é total
Toda prisão é política
Nem toda política, imoral

Não romantizar as massas
Num estado policial
Nem irracionais julgá-las
Ir além da greve geral!

Criar e articular
A diversidade real
É o poder popular
Democrático e radical

Lula Livre!
Marielle Vive!
Abaixo o golpe do capital!

Diane Southier é socióloga e poeta em construção

Deixe uma resposta