Dura Realidade



0 Comentários

(Ilustração: “O Grito“, de Edvard Munch)

 

Rafael Cavalcante Pinheiro

 

Desde muito criança

Quis ser super-herói

Mudar o mundo

Saber que lá no fundo

Fiz algo por alguém

Necessidades mundanas

Destruíram meu desejo

O “salvamento de pessoas”

O “mostrar atitudes boas”

Caindo no esquecimento

Tenho que ir, desculpa

Vou sair por um momento

Hoje é dia de pagamento

 

Rafael Cavalcante Pinheiro: “Desculpem minha métrica. Desculpem meus temas. Deixei a mão de lado e permiti ao coração que escrevesse”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *