29_em hora prima

Bendito seja

Por Patrícia Mirelly

Benditos sejam os afetos cotidianos, a prosa desinteressada, a vida que não é desperdiçada pela pressa dos dias;
Benditos sejam os braços que abraçam sem medo de sufocar;
Benditas sejam as palavras ditas em silêncio, num olhar sereno, que nos faz descansar;
Benditos sejam os pensamentos positivos que controlam o juízo do medo de errar;
Bendito seja o café na mesa, o radinho na cozinha, tocando música boa para a alma encantar;
Bentido seja o livro na cabeceira, o abajur na mesa, para as histórias “alumiar”;
Bendita seja essa vida da gente e tudo o que o coração sente sem nada cobrar.

Patrícia Mirelly é estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Deixe uma resposta