(Podcast) Mitocôndria #3 entrevista Rômulo Silva // Necropolítica



2 Comentários

(Foto: Gabriel Dias)

Este episódio demorou um mês para ser feito, desde a produção até a edição, tempo necessário para digerir as informações que Rômulo Silva nos traz. Um exercício de escuta sobre racismo e política de morte, desiludir-se para poder traçar novos caminhos.

Rômulo é jornalista, poeta, pesquisador e educador. Durante o período de isolamento, ministra cursos sobre o filósofo camaronês Achille Mbembe, que delimitou o conceito de necropolítica, e sobre o psiquiatra e teórico martinicano, Frantz Fanon, que estuda psicologia da colonização e violência colonial. A partir desses dois teóricos, Rômulo reflete as diversas formas de gerir a morte no Ceará, no Brasil e no mundo.

O nosso convite parte das mobilizações contra os assassinatos de pessoas negras, a Mitocôndria que propõe um respiro está sufocada, mas, como Rômulo descreve neste episódio, o veneno pode ser remédio.

No quadro FAZ TEU NOME, Altemar Di Monteiro fala sobre o lançamento do clipe Ainda Vivas, música tema do espetáculo “Ainda Vivas: Três peças da Nóis de Teatro”, livremente inspirado no conto “A gente combinamos de não morrer” do livro “Olhos D’água” da Conceição Evaristo.

(Foto: Caroline Sousa)

(Foto: Caroline Sousa)

Altemar Di Monteiro conta sobre o clipe da música Ainda Vivas e as iniciativas coletivas para manutenção do grupo Nóis de Teatro  em tempos de pandemia. Já teve bingo, balada fake e várias lives. O grupo está arrecadando contribuições por depósito e Pic Pay.

Todas as frases da música do espetáculo Ainda Vivas nos levam às reflexões de Rômulo. Um trecho do conto da Conceição Evaristo nos fala sobre o estar encurralado, possível remédio, o devir: “Se ao menos o medo me fizesse recuar; pelo contrário, avanço mais e mais na mesma proporção desse medo. É como se o medo fosse uma coragem ao contrário. Medo, coragem, medo, coragemedo, coragemedo de dor e pânico”.

Mitocôndria #3 // Necropolítica
Locução e produção: Dani Guerra e Leo Silva
Edição: Dani Guerra

Contato: miticindria@gmail.com

No Spotify: https://open.spotify.com/show/6h6Z9uQSPjOFC0LVUNmRGo

Link do clipe: https://bit.ly/aindavivasclipe

Uma conversa entre Paul Gilroy e Achille Mbembe: brutalismo, covid-19 e o Afro-pessimismo
https://medium.com/@allankardecpereira/uma-conversa-entre-paul-gilroy-e-achille-mbembe-brutalismo-covid-19-e-o-afro-pessimismo-f7708b380d0


2 Replies to “(Podcast) Mitocôndria #3 entrevista Rômulo Silva // Necropolítica”

  1. @kadubasto disse:

    Tive o privilégio de participar de um bate papo por videoconferência com o Rômulo juntamente com a Comissão de Direitos Humanos da OAB de Barra Mansa RJ, da qual sou vice-presidente; Só posso aproveitar o espaço para elogiar mais uma vez esse exemplo de acadêmico brasileiro , cujas idéias me causaram grande impacto . Fazendo a nossa parte, mudaremos o Brasil. Forte abraço.

    1. Revista Berro disse:

      Sim, demais. O Rômulo deu uma aula neste episódio da Mitocôndria. A nossa cabeça digerindo ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *