(Podcast) Mitocôndria #3 entrevista Rômulo Silva // Necropolítica



2 Comentários

Este episódio demorou um mês para ser feito, desde a produção até a edição, tempo necessário para digerir as informações que Rômulo Silva nos traz. Um exercício de escuta sobre

A última ceia



0 Comentários

Letícia parou o carro do outro lado da rua e esperou por Bento enquanto ignorava suas ligações. Chovia forte e, vendo que ela não atenderia a ligação, não lhe restou

Até que provem o contrário



0 Comentários

Hugo estava sentado no pátio e acompanhava o movimento com pesar. Pensava em fumar um cigarro, em beber uma cerveja ou até mesmo comer uma coxinha de frango, mas estava

Sem culpa



7 Comentários

Maya brincava solta no meio da pista de dança improvisada no térreo do prédio de artes. Sua plenitude e leveza eram contagiantes e admirada por todos, desinibidos e acanhados sentiam-se

Barba ensopada de sangue



9 Comentários

Bento torcia a barba ensopada de sangue e via os respingos tingindo seu tênis de vermelho. Com a cabeça encharcada, sentia a água lhe escorrendo pelas costas enquanto pensava uma

Cartas a Ardilla: Pandemia



0 Comentários

Pandemia, 28 de março de 2020 Estimado Ardilla, Hoje me lembrei de quando eu era criança e andava de bicicleta com a minha irmã pelas ruas de um dos muitos

(Podcast) Mitocôndria #2 entrevista Ellen Francisco // Na fila do SUS



0 Comentários

Há quatro dias, quando gravamos este podcast por chamada digital, tínhamos 5.000 casos de COVID-19 no Ceará. Hoje, no dia 29 de abril, ao lançarmos nas plataformas, já havia dois

(Podcast) Mitocôndria #1 entrevista Talles Azigon // Quem respira na cultura?



0 Comentários

No primeiro episódio da Mitocôndria, Dani Guerra e Leo Silva conversam com o poeta e produtor cultural, Talles Azigon. Fortaleza nunca foi Praia de Iracema, Benfica e Centro, mas ações

Cartas a Ardilla: Cuba



2 Comentários

Cuba, 9 de janeiro de 2020 Querido Ardilla, Cuba convida a um colonialismo inacabado misturado a um guevarismo permanente, e é difícil manter o perfil civilizado(r) por muito tempo. As

Cotas raciais: combatendo a desigualdade de cor



2 Comentários

artur@revistaberro.com A desigualdade racial no Brasil é abissal. Dependendo da pigmentação da pele, um brasileiro pode ter oportunidades bem diversas e contrastantes. O racismo, arraigado no seio da sociedade nacional