Domingo na feira



2 Comentários

(Foto: Fabiane de Paula) Artur Pires – Taqui, meu senhor, ó! disse a tiazinha, bem preta e pano amarrado à cabeça, retirando do panelão, donde borbulhava água quente que cozinhava

Ode à loucura e ao vandalismo!



3 Comentários

(Ilustração: Banksy) Por Artur Pires As coisas não caminham muito bem. O mundo anda às avessas, anômalo, de embrulhar o estômago. Dia desses três garotas, crianças, tentaram assaltar uma mulher

A “Fortaleza Apavorada” e o que ela esconde



0 Comentários

(Ilustração: Pawel Kuczynski) Diariamente, pipoca nas manchetes e páginas dos veículos de comunicação notícias de sequestros, roubos, assaltos, homicídios… A olhos vistos, percebe-se a escalada da violência nas metrópoles brasileiras.

O garoto por trás do “doze”



0 Comentários

(Fotos: Chico Célio) Negro, de pele bem escura, 1,70 m de altura, bastante franzino, daqueles em que as costelas saltam aos olhos e a magreza notória afunda até mesmo a

O black bloc e o polícia: muito além da aparência



0 Comentários

(Ilustração: Chappate) O amigo que me contou o que relatarei a seguir não é de inventar história. Depois de ouvi-la, acreditei que, sim, as coisas ainda podem se aprumar, se

O cearense, os argentinos e os muros que separam a vida



0 Comentários

(Fotos: Artur Pires/Revista Berro) Córdoba é a segunda maior cidade da Argentina, com cerca de 1 milhão e 400 mil pessoas. É capital da província de mesmo nome. O cearense

Crônicas da Cidade: A mídia ninja e a mídia molecagem



2 Comentários

O Brasil passa por uma transformação muito rápida nos últimos 10 anos, no que diz respeito às formas e ferramentas para se fazer comunicação social – que nos dias atuais

Crônicas da Cidade: A periferia que se foi…



0 Comentários

(Ilustração: Revista Siará) Artur Pires É fato inconteste que Fortaleza viveu um acelerado crescimento demográfico, comercial e, principalmente, imobiliário na última década e meia. Bairros outrora periféricos passaram a fazer

Crônicas da Cidade: Uma noite no Canto das Tribos



3 Comentários

(Fotos: Paulo Maurício Bezerra) O ano era 2001. Naquela tarde de sábado, Chiquim, todo animado, já limpava as mesas porque sabia que o bar certamente receberia os fregueses fiéis, como

Crônicas da Cidade: A sexta-feira da praça



0 Comentários

Quem já teve a oportunidade de aproveitar a sexta-feira à noite de uma praça da periferia de Fortaleza vai entender um pouco mais do que vou falar adiante. Quem ainda