Transporte público



0 Comentários

Estou no transporte de carga humana. Desumana… Maltrapilha e maltratada. Sufocada… (…) Estou em direção à penitência diária Honorária … Honorário diário. Trabalho, trabalho, trabalho … Trabalhe caralho! -Desculpe o

Quintal da vó



0 Comentários

No oitão da casa O menino brinca com barro No topo do morro de terra ele é dono do mundo. Esconde-esconde, jôu atrepa. Menino no quintal a correr é pega-pega

Insolação



0 Comentários

Adoro essa cidade! E seu calor escaldante do meio-dia. Adoro sua calma e seu silêncio Que me impossibilita de ouvir Nação Zumbi Em meu fone de ouvido. Sirenes de socorro

Botando água



0 Comentários

Em cima do carretel o mundo gira pesando a embira arrastando o destino esquecido ao léu Sede de poço à beira o moço a esperança é a vista no céu