Sobrevivendo na adversidade



0 Comentários

Mais do que práticas rotineiras, “Rotinas” aborda os desafios das gentes simples para ter o de-comer do dia a dia. A partir do diálogo com três comerciantes do São Cristóvão,

“Amanhã quero ser vento”: Michel Yakini dá voz à periferia em seu primeiro romance



0 Comentários

Amanhã quero ser vento dá voz a personagens da periferia e traz temas como homofobia, aborto e violência contra mulheres (Foto: Sônia Bischain)  Autor de livros de contos, crônicas e poemas,

Arte urbana como “manifestação necessária”



0 Comentários

Odylo Falcão rabiscava nas paredes de casa e da escola quando meninote. Ali começava a ser formado o artista que hoje pinta as paredes do Rio de Janeiro com cores,

As baratas, as pessoas e a modernidade: uma nada convencional releitura kafkiana



2 Comentários

Havia muitos anos que não ia ao zoológico. Algo para mais de uma década. Mas dia desses estava em Brasília, e os cicerones brasilienses me recomendaram uma visita ao zoo,

Zine “Flores e Espinhos”



0 Comentários

Viaje  no “Flores e Espinhos”, trampo coletivo que reflete sobre existencialismo, política e arte. “Flores e Espinhos” foi facilitado por Sirllaney, e teve como co-realizadoras Bianca Ellen, Dhiovana Barroso (Dhiôw), João Gabriel Ramos (Jão), Marina Holanda, Renneâne Uchôa, Raquel

A farsa eleitoral e a invenção da “democracia”



0 Comentários

Já escrevi algumas vezes sobre a farsa do processo eleitoral e sobre a incapacidade da “democracia representativa” burguesa consolidar os ideais de um mundo socialmente justo para a humanidade. I. Democracia representativa

O impeachment e a política: por trás das aparências, decantam as mesmas práticas



0 Comentários

Enquanto a militância chorava o seu impedimento, Dilma “jogava” a política real no Senado (Foto: Agência Senado) Por Artur Pires artur@revistaberro.com “Sob as oposições espetaculares esconde-se a unidade da miséria. A

Aurora de sonhação: As raízes de um mundo novo



0 Comentários

artur@revistaberro.com Intolerância racial, religiosa, étnica, política e de gênero; mulheres sendo mortas por serem… mulheres; homossexuais sendo mortas(os) por serem… homossexuais; indígenas e agricultoras(es) sendo massacradas(os) e expulsas(os) de suas

Para além da Matrix (ou Ensaio sobre a Liberdade)



0 Comentários

Por Artur Pires Inflação galopante (leia-se arroz e feijão mais caro), ajuste fiscal (leia-se arrocho salarial, desemprego em massa e ataques aos direitos trabalhistas), energia elétrica em níveis estratosféricos, superávit

Cidade para quem? Salve-se quem puder!



44 Comentários

artur@revistaberro.com Você aí, que mora num grande centro urbano, já parou para perceber a dinâmica de sua cidade? Certamente ela é violenta, desigual, poluída, tem um trânsito caótico, há pessoas