“O crime nunca vai acabar por causa da polícia”: a participação policial decisiva nas relações criminais



0 Comentários

Vale observar que os acordos entre polícia e “bandidos” são extremamente frágeis e implicam apenas, de antemão, uma permissão para funcionar, não uma proteção total e irrestrita. A fluidez orgânica