A cela



0 Comentários

Sexta-feira 16 de outubro, 16:59h. Saio da sala que religiosamente frequentei por 10 anos, desço os poucos lances de escada e já estou na rua. Caminho pelas calçadas de Pelotas,

Estabelecidos e outsiders: a favela dentro da favela



3 Comentários

Certo dia, numa banca de pratinhos caseiros que sempre frequento no Grande Tancredo Neves (GTN), para comer um vatapá ou um creme de galinha com baião e cuscuz, captei de